Tumores Neuroendócrinos (TNE) e os Tumores do Estroma Gastrointestinal (GIST)

Tumores Neuroendócrinos (TNE) e os Tumores do Estroma Gastrointestinal (GIST) - Dr. Valter Alvarenga

Outros tumores gástricos menos frequentes, mas não menos importantes, são os TNE e os GIST. Os TNE são raros e heterogêneos, originados de células neuroendócrinas presentes em diversos órgãos do corpo. Normalmente são indolentes, mas por vezes podem ser muito agressivos. Mesmo tumores pequenos e de aspecto benigno podem apresentar metástases e, por isso, todos os TNE devem ser considerados potencialmente malignos.

Os pacientes geralmente apresentam dores epigástricas e podem ter diarreia e esteatorreia (fezes gordurosas) associadas à hipersecreção de ácido pelo estômago. Podem apresentar sintomas de síndrome carcinoide atípica (espirros, taquicardias, arritmias, lacrimejamento). Pela endoscopia se apresentam como pólipos (semelhantes a verrugas), geralmente únicos e com tamanho entre 2-3 centímetros.

O Dr. Valter Alvarenga reforça a necessidade de uma avaliação minuciosa dos sintomas e da extensão da doença, para se definir o melhor momento para realizar o tratamento cirúrgico.

Os GIST (gastrointestinal stromal tumors) são tumores mesenquimais que por algum tempo foram confundidos com tumores da musculatura lisa ou de células nervosas (leiomiomas, leiomiossarcomas ou schwannomas). Foram diferenciados por apresentarem uma mutação em um oncogene (c-KIT) ou no gene que codifica o receptor alfa do fator de crescimento derivado das plaquetas (platelet-derived growth factor receptor α – PDGFR-α).

São tumores raros, muitas vezes diagnosticados após gastrectomias em pacientes com obesidade mórbida. No entanto, a maioria dos diagnósticos ainda se dá em estádio avançado. Dor abdominal, sangramento e obstrução gastrointestinal são frequentes. Além do estômago ainda podem acometer o intestino delgado, o cólon ou o reto.

Segundo Dr. Valter Alvarenga, o tratamento com intenção curativa padrão é o cirúrgico e o momento adequado deve ser definido após avaliação minuciosa.

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
Outras Especialidades
Cirurgia Robótica - Dr. Valter Alvarenga

Cirurgia Robótica

A Cirurgia Robótica é considerada uma evolução da cirurgia minimamente invasiva videolaparoscópica. Após estabelecer os acessos (incisões), o cirurgião introduz a câmera e os instrumentos

Cirurgia Videolaparoscópica - Dr. Valter Alvarenga

Cirurgia Videolaparoscópica

A Cirurgia Videolaparoscópica é a modalidade da cirurgia minimamente invasiva em que introduzimos uma óptica acoplada a uma câmera de vídeo e outros instrumentos cirúrgicos

Melanoma - Dr. Valter Alvarenga

Melanoma

O melanoma maligno é um câncer de pele raro, mas agressivo, pois, mesmo em estágios iniciais pode ser capaz de se espalhar para outros órgãos